Proposta prevê a retirada da Vacina contra a Febre Aftosa em 2018

Helder Alvarenga

MAPA cogita a possibilidade de retirar a Vacinação de 80 milhões de cabeças a partir de novembro de 2018.

Acontecerá em Abril deste ano a reunião da Cosalfa (Comissão Sul-Americana para a Luta Contra a Febre Aftosa em Pirenópolis (GO), onde o ministro Blairo Maggi (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) deverá anunciar o cronograma da mudança da vacina contra a febre aftosa e maiores detalhes da gradual retirada da vacinação contra a febre aftosa e apresentação das medidas que serão tomadas para tal. A comissão é formada além do Brasil, pela Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Guiana, Panamá, Paraguai, Peru, Suriname, Venezuela e Uruguai.

Segundo o diretor do Departamento de Saúde Animal Continuar lendo…


Silos: Armazenar forragens de forma prática e com baixo custo!

Juliana Carrizo

Aprodução de silagem de boa qualidade, está diretamente relacionada com o armazenamento da forragem e outros produtos agrícolas em estruturas denominados Silos, que se destinam ao armazenamento de grãos secos, cereais, sementes, e forragens verdes, sendo este último tipo o mais utilizado para a alimentação bovina não só em períodos de escassez de pasto mas também em propriedades com grande necessidade de fornecimento de alimento para grande número de animais. Continuar lendo…


Efeito do estresse térmico na produção leiteira

Caroline Freitas

Dois terços do território brasileiro está situado na região tropical, onde há predominância de temperaturas elevadas, consequentes da alta incidência de radiação solar. Aproximadamente 64% do rebanho bovino mundial são criados em regiões tropicais. Observa-se nos trópicos um problema na adaptação de raças leiteiras de origem europeia ao clima, que por sua alta produtividade sofrem com problemas fisiológicos e comportamentais causados pelo estresse térmico diminuindo sua produção.

Continuar lendo…


Medidas protecionistas dos EUA e sua influência para o Agronegócio Brasileiro

Juliana Carrizo

Não faz um mês da posse do presidente dos Estados Unidos Donald Trump, o mundo tem acompanhado de perto toda polêmica a respeito das suas medidas protecionistas, que tem influência direta no setor agropecuário. Três dias após assumir, assinou um decreto retirando os EUA da Parceria Transpacífico (TPP, na sigla em inglês), acordo assinado em 2015 após anos de negociações com objetivo de reduzir tarifas de importação entre os países membros e, com isso, aumentar o fluxo de bens e serviços.

Continuar lendo…


Milho para Silagem: Qual o ponto certo para colheita?

Juliana Carrizo

Estamos chegando ao mês de fevereiro, e em diversas regiões do país, muitos produtores iniciam o processo de colheita para a produção de ensilagem. Mas, a pergunta que devemos fazer é: Qual
o ponto de colheita ideal? Saber esta resposta tem relação direta no bolso do produtor e na qualidade da silagem que será produzida.

A planta cresce acumulando massa verde, e tem seu grande momento na formação da espiga. Durante o enchimento do grão, principalmente com amido, que será a fase mais rica em energia para a produção de silagem de milho. Muitos produtores optam por esperar a produção de mais grãos, o que não é o ideal, já que teria que esperar o enchimento total da espiga. Continuar lendo…