5 passos para a produtividade do Milho

1 – Época de plantio
Importância:
O plantio de milho na época correta não interfere no custo de produção, mas pode afetar o rendimento e o lucro do agricultor.

Consequências:
A produtividade geralmente é mais alta quando as condições do clima permitem o plantio em setembro-outubro. Na região Sul, devido à ocorrência de chuvas praticamente o ano todo, a amplitude da época de plantio é muito maior, indo de agosto a dezembro, dependendo do sistema de exploração da propriedade, que geralmente envolve a sucessão de culturas. Depois da época de recomendação, há uma redução no ciclo da cultura e queda no rendimento por área. O atraso do plantio pode diminuir o rendimento em até 30 kg de milho por hectare/dia.

Continuar lendo…


Tratamento e manejo de dejetos bovinos

Um dos maiores problemas em sistemas de manejo intensivo de bovinos é a quantidade de dejetos produzidos diariamente, sendo um grande desafio a disposição dos resíduos das instalações animais envolvendo aspectos técnicos, sanitários e econômicos. A quantidade total de efluentes orgânicos produzida em confinamentos de vacas leiteiras varia de 9,0 a 12,0% do peso vivo do rebanho por dia, e depende, também, do volume de água utilizado na limpeza e desinfecção das instalações e equipamentos da unidade de produção (CAMPOS et. al., 2002). No que se refere às características qualitativas da água residuária da bovinocultura de leite, pode-se afirmar que a água é rica em material orgânico, sólidos totais e nutrientes, tais como o nitrogênio e o potássio (ERTHAL et. al., 2010). Neste contexto, destacam–se alguns trabalhos que apresentam técnicas de tratamento de fácil operação e de baixo custo as quais são recomendadas para o meio rural,  os quais citam as lagoas de estabilização, biodigestores, reatores UASB, wetlands construídos e também disposição no solo como opções para tratamento de efluentes de agroindústrias.

Continuar lendo…


Captação de água nas propriedades rurais

A água é um dos recursos de maior importância de nossas vidas, e para a atividade leiteira não poderia ser diferente. Sabe-se que na composição do leite cerca de 87% seja água, necessitando o gado leiteiro então de água em volume abundante e que esta seja de ótima qualidade.  O consumo de água por uma vaca pode variar entre 40 e 120 litros/dia, levando em conta seu tamanho corporal, sua produção, o clima, nutrição, ingestão de sal, a raça entre outros. O fornecimento e a disponibilidade de água de é portanto de extrema importância e se demonstra como um desafio na maioria das propriedades do Brasil. Isso requer inúmeros cuidados quanto às formas de captação, condução, armazenamento, tratamento e distribuição.

Mananciais

Os mananciais de abastecimento compreendem Continuar lendo…


Reconhecimento em tempos difíceis

Entre turbilhões de escândalos ligados a idoneidade da qualidade de sua carne, Brasil de destaca em Reunião na Organização Mundial da Saúde. 

O Brasil foi reconhecido pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE), por unanimidade, como país livre da pleuropneumonia contagiosa bovina (CBPP em inglês). A certificação foi entregue no mês de Maio durante a reunião anual da OIE, em Paris. De acordo com a OIE, “a concessão reflete a transparência e a qualidade do serviço veterinário do país”.

Continuar lendo…


RIISPOA é atualizado na data em que comemora os seus 65 anos!

Saiba mais sobre a nova atualização do RIISPOA e até onde poderemos ver sua atuação na produção do dia a dia.

A atualização do Regulamento da Inspeção Industrial e Sanitária de Produtos de Origem Animal (RIISPOA) acontece em meio a um cenário conturbado no setor de proteína animal, depois da divulgação da operação “carne fraca”, que investiga irregularidades em frigoríficos.
A cerimônia no Palácio do Planalto ocorreu no dia 29 de Março de 2017 e reuniu autoridades e representantes do setor produtivo. A medida provisória aplica multas mais rigorosas às agroindústrias, que cometerem fraudes ou infringirem regras estipuladas pela lei para a fabricação de alimentos de origem animal.

Continuar lendo…


Papelão na carne, mito ou verdade?

A história de que algumas empresas misturam tiras de papelão em embutidos e em outras carnes, tem tomado conta das redes sociais desde a sexta dia 17, quando foi divulgada a operação Carne Fraca, da Policia Federal. Foi apresentado que, durante os dois anos de investigação, foram encontradas diversas evidencias de pagamento de propinas, visando burlar a fiscalização em frigoríficos, e dentre todas as irregularidades, estaria listada a mistura de papelão na carne e a utilização de ácido ascórbico para maquiar produtos estragados.

Continuar lendo…


Afecções podais em bovinos: prevenção e tratamento

Depois da mastite e dos problemas reprodutivos, as doenças podais são consideradas como uma das alterações que mais afetam a produtividade dos rebanhos bovinos, observando-se queda na produção leiteira, diminuição do peso corporal e consequentemente, redução do peso das carcaças ao abate.

Além das perdas referentes à produção, o custo do tratamento das lesões podais pode chegar a R$ 133,29 por animal/tratado/ano. Vacas com cascos lesionados apresentam índice de concepção mais baixo no primeiro serviço, maior incidência de cistos ovarianos, sinais discretos de cio e até mesmo anestro. Adicionalmente, os animais permanecem deitados por mais tempo, comem menos, têm dificuldade de levantar-se e são mais sujeitos a traumatizar as mamas e desenvolver mastites. Vários fatores podem estar envolvidos na etiologia das doenças das unhas dos bovinos, como predisposição genética, meio ambiente, manejo, estação do ano, clima e nutrição.

Continuar lendo…


A mulher e seu papel cada vez mais atuante na agropecuária

A mulher vem conquistando cada vez mais seu espaço na sociedade contemporânea, com muita competência, foco e determinação. Representa quase metade da mão de obra hoje no país, contribuindo para geração de riquezas e tem papel fundamental na formação e manutenção do esteio familiar.

A presença da mulher na agricultura e na pecuária não seria diferente, e tem se destacando eficientemente a cada ano, com o reconhecimento da importância do gênero feminino na dinâmica das áreas rurais no Brasil e no mundo. Hoje, ambos os sexos desempenham funções semelhantes no campo.

Continuar lendo…


LEITE/CEPEA: Baixa oferta de leite sobe o preço pago aos produtores

Com a captação de leite em queda, o preço recebido por litro subiu quase 5% neste início de março, a maior variação desde maio/2014. A média nacional do litro fechou em 1,0456, um aumento de aproximadamente 5 centavos em relação a fevereiro deste ano, segundo dados da Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), da Esalq/USP.

Já nos meses de Janeiro e fevereiro, houveram quedas na captação de leite. Os valores de decrescimo são de aproximadamente 5%, o que culminou um aumento de 2,7 centavos/litro pago ao produtor, quase 3% em relação a janeiro deste ano e de 17% em relação a fevereiro de 2016.

Continuar lendo…


Aplicativo Esteio Controle de Leite e CMT: tecnologia aliada a produção na palma da mão!

O aplicativo Esteio Controle é gratuito e está disponível na PlayStore para download. A proposta do aplicativo é facilitar o processo de gestão do rebanho leiteiro com ferramentas para o cadastro de animais, controle leiteiro, controle CMT e relatórios.

O aplicativo é de fácil utilização, oferece  rapidez no registro da informação, a mobilidade e o auxílio ao produtor no gerenciamento de sua fazenda. São disponibilizadas outras funcionalidades, como a exibição da produção dos animais,  e relatório de percas e ganhos além do CMT já citado. Continuar lendo…