Por que se preocupar com a brucelose bovina?

Fonte: https://goo.gl/k4RDPa

A brucelose é uma doença infecciosa que afeta principalmente o rebanho bovino, e por se tratar de uma zoonose, também pode ser transmitida aos humanos, é distribuída mundialmente e é responsável por consideráveis perdas econômicas dentro do rebanho bovino. Dentre as mais variadas cepas encontradas, a de maior importância para o rebanho bovino é a  Brucella abortus.

Os bovinos podem se infectar por via via oral e a aerógena, uma enorme quantidade da B. abortus é eliminada durante o aborto e partos de animais infectados,  juntamente com a elevada resistência deste patógeno no meio ambiente, torna-se a principal via de contaminação. Outros hábitos, como os de cheirar e lamber o bezerro após o nascimento auxiliam na transmissão da bactéria. A transmissão através do coito é pequena, pois a vagina representa uma barreira que dificulta a infecção. Já a transmissão pela inseminação artificial é grande, pois o sêmen contaminado é depositado diretamente no útero da vaca, não havendo a barreira (vagina).

Quando a contaminação se dá por contato direto com fetos abortados, restos placentários e descarga uterina há a penetração da bactéria pela mucosa: nasofaringe, conjuntival ou genital e pele íntegra. Após esta penetração, o agente cai na corrente sanguínea sendo transportado para diversos tecidos e órgãos do corpo do animal, multiplicando-se.

Continuar lendo…


Boas Notícias para o Mercosul

Após 18 anos União Europeia apresenta esta semana oferta decisiva ao Mercosul

Ainda nesta semana, o bloco europeu apresentará sua oferta de que está disposto a abrir em seu mercado para as exportações dos países do Cone Sul. A expectativa do Mercosul é de que, pela primeira vez, etanol e carnes estejam no pacote, o que tem gerado fortes críticas por parte do lobby protecionista europeu.

INÍCIO: O processo de negociação começou em 1999, mas em 2004 o processo entrou em um longo período de impasse. O governo brasileiro recusou um acordo com os europeus diante do acesso aos produtos agrícolas considerados como insuficientes. Agora, a meta de ambos os lados é a de fechar um acordo inicial até dezembro.

Uma primeira troca de ofertas foi realizada em maio, com o Mercosul indicando a abertura de setores industriais, enquanto a Europa apresentou sua proposta inicial. Mas o pacote oferecido naquele momento não incluía produtos considerados como fundamentais para os exportadores do Cone Sul.

Continuar lendo…


Leite orgânico: Novos tempos, novas demandas

O leite que é produzido dentro dos padrões higiênicos de vacas sadias é processado, transportado e armazenado de maneira correta, tendo uma qualidade físico-química e biológica que lhe confere uma maior durabilidade e consequentemente proporciona ao consumidor um produto de segurança. Além disto, se for produzido organicamente, terá a garantia de ser livre de resíduos de antibióticos, hormônios, inseticidas, produtos de limpeza, metais pesados e pesticidas em geral. O Leite Orgânico é um produto certificado e acompanhado da origem ao mercado, dando a este a credibilidade necessária para que o consumidor tenha a certeza de realmente estar adquirindo um leite saudável.

Continuar lendo…


Reconhecimento em tempos difíceis

Entre turbilhões de escândalos ligados a idoneidade da qualidade de sua carne, Brasil de destaca em Reunião na Organização Mundial da Saúde. 

O Brasil foi reconhecido pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE), por unanimidade, como país livre da pleuropneumonia contagiosa bovina (CBPP em inglês). A certificação foi entregue no mês de Maio durante a reunião anual da OIE, em Paris. De acordo com a OIE, “a concessão reflete a transparência e a qualidade do serviço veterinário do país”.

Continuar lendo…


Febre Aftosa: Não perca o prazo!

Com a meta de imunizar em um mês 198 milhões de animais, inicia-se nesse mês de Maio mais uma campanha de vacinação contra a Febre Aftosa. Confira os principais cuidados com a vacinação!

 

 Teve início no dia 1º de maio a vacinação contra a febre aftosa em 22 estados e no Distrito Federal. A meta do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) é imunizar 198 milhões de bovinos e bubalinos durante todo o mês de maio. O número representa mais de 90% do rebanho do país, de 217,5 milhões de cabeças.

Continuar lendo…


RIISPOA é atualizado na data em que comemora os seus 65 anos!

Saiba mais sobre a nova atualização do RIISPOA e até onde poderemos ver sua atuação na produção do dia a dia.

A atualização do Regulamento da Inspeção Industrial e Sanitária de Produtos de Origem Animal (RIISPOA) acontece em meio a um cenário conturbado no setor de proteína animal, depois da divulgação da operação “carne fraca”, que investiga irregularidades em frigoríficos.
A cerimônia no Palácio do Planalto ocorreu no dia 29 de Março de 2017 e reuniu autoridades e representantes do setor produtivo. A medida provisória aplica multas mais rigorosas às agroindústrias, que cometerem fraudes ou infringirem regras estipuladas pela lei para a fabricação de alimentos de origem animal.

Continuar lendo…