Antibiograma, uma forma de economia?

As mastites são inflamações agudas ou crônicas das glândulas mamárias, sendo um dos assuntos mais polêmicos dentro dos rebanhos de bovinos leiteiros. Animais que possuem mastite quer seja de um ou de todos os tetos representam gastos dispendiosos e com poucas soluções a curto prazo, descobrir quais os motivos que provocaram a mastite e qual o agente etiológico responsável pode ser o “plano B” na hora de resolver este problema.

Dentre as mastites de maiores ocorrências nos rabanhos leiteiros, se apresentam predominantemente o grupo das bactérias, estas representam grande parcela dos casos de mastite bovina. Ajudar o leitor a entender como erradica-la do plantel e estratégias é o objetivo da nossa matéria de hoje…

Continuar lendo…


Daninhas! Como Manejá-las?

As temíveis daninhas ( ou ervas daninhas /matos ) como conhecidas em diversas regiões do país, são plantas indesejáveis dentro de um terreno de produção, com alto poder de propagação e que não crescem homogeneamente em um terreno. Podem se espalhar de diversas formas espalhando suas sementes pelo campo causando um grande prejuízo na produção se não eliminadas rapidamente. De um modo geral, as ervas daninhas competem com as culturas presentes, trazendo consigo doenças e vetores que atacam a cultivar desejada.

As ervas ou plantas daninhas podem assumir classificações inumeráveis como por exemplo as verdadeiras e falsas daninhas. De qualquer modo, nosso artigo de hoje não visa classificá-las, mas sim, se atentar ao manejo correto a estas “pragas” que podem ocorrer em qualquer momento do ano.

Sabemos que estas plantas possuem afinidades, Continuar lendo…


Reconhecimento em tempos difíceis

Entre turbilhões de escândalos ligados a idoneidade da qualidade de sua carne, Brasil de destaca em Reunião na Organização Mundial da Saúde. 

O Brasil foi reconhecido pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE), por unanimidade, como país livre da pleuropneumonia contagiosa bovina (CBPP em inglês). A certificação foi entregue no mês de Maio durante a reunião anual da OIE, em Paris. De acordo com a OIE, “a concessão reflete a transparência e a qualidade do serviço veterinário do país”.

Continuar lendo…


01 de Junho: Dia Mundial do Leite, uma data que não merece passar em branco!

Hoje, 1º de junho, é o Dia Mundial do Leite! Data criada em 2001, pela Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), com o objetivo de incentivar o consumo de lácteos à população mundial.

 

Produto completo, visto como um dos alimentos mais ricos da cadeia produtiva de Produtos de Origem Animal (POA), o leite possui energia, proteínas e vitaminas disponíveis de uma maneira única. Produto que possui uma composição de nutrientes onde (9) dentre os aminoácidos, são essenciais, e uma das melhores fontes de cálcio disponível. Recomendado assim seu consumo por diversos especialistas.

Continuar lendo…


25 de Maio: Dia do trabalhador rural, a força do campo!

O Dia do Trabalhador Rural é comemorado anualmente em 25 de Maio, no Brasil. A data homenageia todas as pessoas que dedicam seu tempo trabalhando nas zonas rurais, campos, fazendas e etc.

A comemoração do Dia do Trabalhador e Trabalhadora Rural foi instituída no Decreto de Lei nº 4.338, de 1º de Maio de 1964. No dia 25 de Maio de 1963, morria o deputado federal Fernando Ferrari, um dos políticos mais engajados na luta dos trabalhadores rurais por seus direitos e questões sociais. A morte de Fernando se transformou em uma data símbolo para os profissionais da categoria.

Em 1971 foi instituído o Programa de Assistência ao Trabalhador Rural, com a Lei Complementar nº 11, que ficou conhecida como Lei Fernando Ferrari, em homenagem ao parlamentarista que lutou pelos direitos destes trabalhadores.

O trabalhador rural é figura importante na história e na economia brasileira. Existem no país 15,7 milhões de trabalhadores rurais segundo o Instituto Brasileiro de Pesquisa (IBGE) de 2009. Homens e mulheres que retiram do campo a subsistência e renda. De proprietários de terras a trabalhadores formais e informais, o homem do campo, apesar da importância, enfrenta dificuldades que vão desde a falta de investimento público no ensino das áreas rurais à contaminação pelo uso de agrotóxicos nas lavouras.

Continuar lendo…


Dancris Agropecuária faz bonito na 50ª Exposição Agropecuária de Barbacena

Aconteceu em Barbacena-MG a 50ª Exposição Agropecuária de Barbacena, uma oportunidade para produtores e profissionais da região que permite a interação entre os diversos envolvidos no agronegócio, proporcionando a comercialização de animais e máquinas. A Exposição de Barbacena é uma das mais tradicionais de Minas Gerais, contou este ano com caprinos, ovinos, equinos e bovinos de diversas raças. No Gado Holandês, o julgamento ficou por conta do Médico Veterinário Flávio Junqueira. E foi na pista de animais registrados que o Sr. Cristovam Edson Lobato Campos (Dancris Agropecuária) se destacou, conquistando o título de Melhor Criador e Melhor Expositor!

A Dancris Agropecuária foi campeã nas seguintes categorias com os animais: Continuar lendo…



Febre Aftosa: Não perca o prazo!

Com a meta de imunizar em um mês 198 milhões de animais, inicia-se nesse mês de Maio mais uma campanha de vacinação contra a Febre Aftosa. Confira os principais cuidados com a vacinação!

 

 Teve início no dia 1º de maio a vacinação contra a febre aftosa em 22 estados e no Distrito Federal. A meta do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) é imunizar 198 milhões de bovinos e bubalinos durante todo o mês de maio. O número representa mais de 90% do rebanho do país, de 217,5 milhões de cabeças.

Continuar lendo…


RIISPOA é atualizado na data em que comemora os seus 65 anos!

Saiba mais sobre a nova atualização do RIISPOA e até onde poderemos ver sua atuação na produção do dia a dia.

A atualização do Regulamento da Inspeção Industrial e Sanitária de Produtos de Origem Animal (RIISPOA) acontece em meio a um cenário conturbado no setor de proteína animal, depois da divulgação da operação “carne fraca”, que investiga irregularidades em frigoríficos.
A cerimônia no Palácio do Planalto ocorreu no dia 29 de Março de 2017 e reuniu autoridades e representantes do setor produtivo. A medida provisória aplica multas mais rigorosas às agroindústrias, que cometerem fraudes ou infringirem regras estipuladas pela lei para a fabricação de alimentos de origem animal.

Continuar lendo…


Reconhecer o solo como fonte de vida: manejo e recuperação do solo na pecuária

Quando falamos em fonte de vida, normalmente damos a água toda a glória e esquecemos do solo. Todavia, na produção animal um dos princípios básicos é reconhecer o solo como fonte de vida. A qualidade e o equilíbrio da fertilidade do solo (manutenção de níveis de matéria orgânica, promoção da atividade biológica, reciclagem de nutrientes e intervenção controlada sem destruição do recurso natural) são essenciais para a sustentabilidade da propriedade. Assim, na produção a saúde animal também está ligada à saúde do solo.

Grande parte dos sistemas produção de gado de corte e leite no Brasil são extrativistas com predominância de uso de pastagens nativas, implantação de espécies não adaptadas às condições climáticas de cada região e manejo inadequado. Essas pastagens apresentam baixa produtividade e estão sujeitas ao processo de degradação, comprometendo o desempenho da atividade pecuária.

Continuar lendo…