A gestão engloba uma série de processos que auxiliam o gestor a analisar a situação e tomar decisões mais favoráveis

A gestão da fazenda é a base para que o produtor consiga produzir de forma lucrativa e sustentável, por meio de uma série de processos bem estabelecidos que vão levar à melhoria dos resultados.

Sabemos que a pecuária é uma atividade complexa, com muitos desafios e dependente de alguns fatores que não estão sob o controle do produtor. Desta forma, a gestão se torna indispensável para que o pecuarista consiga produzir da melhor maneira possível, com eficiência e lucratividade.

E é impossível falar de gestão sem falar de processos. Afinal, a gestão engloba uma série de processos que, quando bem definidos e estabelecidos na fazenda, auxiliam o gestor a analisar a situação e tomar decisões mais favoráveis, melhorando os resultados.

Esteio Gestão

Definindo os processos dentro da fazenda

Primeiramente, antes de definir e organizar os processos é preciso conhecê-los. Acompanhar, mapear e identificar os responsáveis por cada processo, são os primeiros passos para entender e conseguir definir melhor as atividades a serem executadas em cada setor.

Definir as etapas de cada processo permite padronizar e aprimorar o trabalho, o que gera agilidade e facilidade na execução. Quer um exemplo? Pense na rotina de ordenha de uma fazenda produtora de leite. Se cada funcionário do setor souber exatamente o que fazer, como fazer e em qual ordem fazer, o trabalho de todos irá fluir muito melhor, sem executar tarefas em duplicidade e sem pular etapas.

Além disso, a padronização de cada processo permite identificar oportunidades de melhoria dentro de cada setor, além de facilitar o trabalho de todos os envolvidos. É importante ressaltar que isso não precisa ser uma dor de cabeça para todos, pelo contrário! Os processos devem ser definidos de acordo com as particularidades de cada setor e sempre levando em consideração a complexidade da propriedade. A ideia é simplificar e deixar o processo mais simples, eliminando etapas desnecessárias.

Vamos a um outro exemplo, no setor de alimentação. É importante definir quem é responsável por incluir os alimentos no vagão misturador, deixar à vista qual a ordem de cada alimento, o tempo de mistura, o horário de distribuição no cocho, o horário de aproximar o trato para perto das vacas, dentre outras. Se a fazenda não tiver um vagão misturador, o processo será completamente diferente, considerando a rotina da fazenda.

É muito importante que o gestor chame os funcionários de cada setor para participarem dessa etapa de definição e padronização dos processos, afinal, são eles que estão todos os dias executando as tarefas e ouvir as suas considerações é fundamental para ajustar as rotinas do setor.

Após definir e padronizar, é hora de colocar em prática e avaliar se cada etapa está sendo seguida, o que pode ser ajustado e se o trabalho está fluindo melhor.

Onde há processos bem definidos e executados da forma correta, há ganho de tempo e aumento da produtividade. Portanto, se você busca uma gestão completa da sua fazenda, precisa definir os processos junto à sua equipe para que, juntos, consigam produzir de forma eficiente, resultando em uma maior lucratividade.

Ficou curioso e quer aprender mais sobre pecuária?
Leia mais em: https://esteiogestao.com.br/blog/

Use um sistema que te permite acessar as informações a qualquer momento e em qualquer lugar.

Você é produtor e quer gerenciar o seu negócio de forma prática e rápida? Conheça as nossas soluções agropecuárias em: https://esteiogestao.com.br/produtos-e-servicos/

Autor:

Eduarda - Autora do conteúdo Controle estratégico de carrapatos

Eduarda Viana

Zootecnista, criadora do perfil @dicasdazootecnista no Instagram.

Nos acompanhe nas redes sociais e fique por dentro de todas as novidades.

Deixe um Comentário