Saiba como produzir de forma mais eficiente e obter uma maior lucratividade

A criação de bovinos vem passando a cada dia por uma evolução que naturalmente seleciona os pecuaristas que continuarão no mercado. As exigências dos consumidores com relação à qualidade da carne tem aumentado muito, de forma que somente com uma boa eficiência de produção será possível para o pecuarista obter resultados financeiros satisfatórios na sua propriedade.

Não há mais espaço para a pecuária de alguns anos atrás, sem planejamento, sem mão de obra capacitada e sem o uso de algumas das inúmeras tecnologias disponíveis no mercado. A produção eficiente necessita de um conjunto de medidas, muito bem estruturadas e geridas, para que o resultado seja um maior lucro para o produtor.

Assim, a conscientização do pecuarista é o primeiro passo para mudar a cultura dentro da fazenda e, para que isso aconteça, é preciso entender quais são os fatores que vão aumentar a eficiência de produção.

Gado no pasto

Como produzir de forma mais eficiente?

Produzir de forma eficiente significa produzir mais e melhor, de maneira sustentável, aproveitando os recursos já disponíveis pelo produtor. E isso só é possível quando se alia os cinco pilares da produção eficiente: genética, nutrição, bem-estar animal, sanidade e gestão.

A escolha da raça a ser criada precisa estar de acordo com as particularidades da propriedade, como: sistema de produção, clima, resistência aos parasitas, etc. Um animal com um bom potencial genético conseguirá expressar toda a sua capacidade produtiva se tiver condições para isso.

Um outro ponto é a nutrição. A nutrição balanceada, planejada e utilizada de forma estratégica é fundamental para a produção de bovinos. Qualquer que seja o sistema de produção utilizado pelo pecuarista, o papel da nutrição é fundamental para produzir mais em menos tempo. Além disso, a nutrição é responsável por dar o acabamento de carcaça tão apreciado pelos consumidores, sendo um pilar importante para a eficiência de produção.

Juntamente com a genética e um bom manejo nutricional é preciso cuidar da saúde e do bem-estar dos animais. É impossível conseguir que os animais cresçam e ganhem peso rapidamente se não houver um bom controle sanitário aliado ao bem-estar e conforto. Realizar as vacinações indicadas, controlar endo e ectoparasitas, fornecer água limpa e de boa qualidade e cuidar do conforto térmico são ações essenciais para que o rebanho tenha condições de produzir mais e melhor.

E, claro, não poderia faltar o pilar central que é a gestão. O pecuarista que não gerencia a sua atividade, que não conhece os seus números e que toma decisões baseadas somente em achismos ou copiando o que o vizinho faz, não permanecerá muito tempo na atividade. O mercado pecuário está cada vez mais competitivo e naturalmente seleciona e exclui os produtores menos eficientes, por isso a importância de se ter uma gestão forte da atividade.

Veja alguns exemplos de indicadores que o pecuarista precisa acompanhar na sua propriedade:

  • ganho médio diário;
  • produção de arrobas/ha/ano;
  • lucro/ha/ano;
  • taxa de lotação dos pastos;
  • taxa de natalidade;
  • taxa de desmame;
  • taxa de reposição;
  • custo da arroba produzida;
  • custo alimentar.

Hoje, com as várias tecnologias disponíveis que ajudam na eficiência produtiva, o pecuarista pode escolher a que melhor se adapta às suas condições e melhorar os seus resultados, contribuindo com o desenvolvimento da pecuária brasileira.

Ficou curioso e quer aprender mais sobre pecuária?
Leia mais em: https://esteiogestao.com.br/blog/

Use um sistema que te permite acessar as informações a qualquer momento e em qualquer lugar.

Você é produtor e quer gerenciar o seu negócio de forma prática e rápida? Conheça as nossas soluções agropecuárias em: https://esteiogestao.com.br/produtos-e-servicos/

Autor:

Eduarda - Autora do conteúdo Controle estratégico de carrapatos

Eduarda Viana

Zootecnista, criadora do perfil @dicasdazootecnista no Instagram.

Nos acompanhe nas redes sociais e fique por dentro de todas as novidades.

Deixe um Comentário