A hipocalcemia em vacas leiteiras é uma condição que pode ter sérios impactos na produção de leite e no bem-estar dos animais

A indústria de laticínios, juntamente com a cadeia leiteira, desempenham um papel fundamental na produção de alimentos em todo o mundo. No entanto, para garantir a produção sustentável de leite, é essencial manter a saúde do rebanho. Um problema comum que afeta vacas leiteiras é a hipocalcemia, também conhecida como febre do leite.

A hipocalcemia é um transtorno metabólico que afeta principalmente vacas no pós parto ou em até 72 horas após o parto. Ela ocorre devido a uma concentração reduzida de cálcio no sangue, o que pode prejudicar o funcionamento adequado do organismo do animal. 

No dia do parto as vacas leiteiras têm uma grande demanda por cálcio, que é essencial para a formação do colostro, contração muscular, coagulação do sangue e função nervosa.

Porém, os mecanismos de regulação do cálcio no sangue ocorrem de forma mais lenta, não conseguindo atender as exigências do organismo da vaca e por isso ela não consegue se levantar após o parto.

Sintomas da Hipocalcemia

Os sintomas da hipocalcemia podem variar de leves a graves e incluem:

  • Fraqueza muscular: isso pode resultar em tremores, dificuldade para se levantar ou até mesmo quedas.
  • Hipomotilidade ruminal: a digestão e a absorção de nutrientes podem ser afetadas.
  • Redução na produção de leite: as vacas com hipocalcemia frequentemente reduzem a produção de leite.
  • Deficiência de apetite: As vacas podem parar de comer devido ao desconforto.
  • Baixa temperatura corporal: a hipocalcemia pode levar a uma diminuição na temperatura corporal.
  • Outros problemas de saúde: a imobilidade e o estresse podem levar a problemas de saúde adicionais, como retenção de placenta, por exemplo.

Prejuízos da Hipocalcemia

A hipocalcemia pode causar uma série de prejuízos tanto para o bem-estar do animal quanto para a produção de leite. Quando a vaca é acometida, essa condição pode resultar em:

  • Redução na qualidade do leite: o baixo teor de cálcio no sangue pode levar à diminuição da qualidade do leite produzido.
  • Custos com tratamento: o tratamento da hipocalcemia pode ser dispendioso, envolvendo o uso de suplementos de cálcio e cuidados veterinários.
  • Aumento na taxa de mortalidade: nos casos mais graves, a hipocalcemia pode levar à morte da vaca.

Prevenção da Hipocalcemia em Vacas Leiteiras

A boa notícia é que a hipocalcemia pode ser prevenida com medidas adequadas. Aqui estão algumas estratégias de prevenção:

Dieta aniônica no pré-parto: certifique-se de que a dieta das vacas no pré-parto  seja aniônica, para prevenir a queda de concentração de cálcio no sangue.

Manejo adequado do pré-parto: reduza o estresse pré-parto, proporcione um ambiente tranquilo para as vacas e garanta que elas tenham acesso a água limpa e de qualidade.

Monitoramento constante: esteja atento aos sinais de hipocalcemia, especialmente após o parto. Um acompanhamento regular do rebanho pode ajudar na detecção precoce.

A hipocalcemia em vacas leiteiras é uma condição que pode ter sérios impactos na produção de leite e no bem-estar dos animais. A prevenção é a chave para evitar essa doença, e isso envolve uma dieta adequada, manejo cuidadoso e acompanhamento veterinário regular. Conhecendo os sintomas e implementando medidas de prevenção, os produtores de leite podem garantir a saúde de seus rebanhos e manter a produção de leite de forma sustentável. Lembre-se de que um rebanho saudável é essencial para o sucesso de qualquer operação de laticínios.

Ficou curioso e quer aprender mais sobre pecuária?
Leia mais em: https://esteiogestao.com.br/blog/

Use um sistema que te permite acessar as informações a qualquer momento e em qualquer lugar.

Você é produtor e quer gerenciar o seu negócio de forma prática e rápida? Conheça as nossas soluções agropecuárias em: https://esteiogestao.com.br/produtos-e-servicos/

Autor:

Eduarda - Autora do conteúdo Controle estratégico de carrapatos

Eduarda Viana – @dicasdazootecnista

Nos acompanhe nas redes sociais e fique por dentro de todas as novidades.

Deixe um Comentário