A quantidade e a qualidade da água consumida pelos bovinos afetam diretamente a produção de carne e leite

A água é o nutriente mais importante para os bovinos e participa de todos os processos fisiológicos que ocorrem no organismo destes animais. Embora muitas vezes seja negligenciada dentro da propriedade, a quantidade e a qualidade da água consumida pelos bovinos afetam diretamente a produção de carne e leite e, consequentemente, o lucro do produtor.

A qualidade da água oferecida para estes animais é um regulador de consumo, visto que os bovinos são exigentes e seletivos, principalmente as vacas leiteiras. Elas evitam ingerir água suja, com sabor ou odor desagradáveis, e com isso o consumo de água se reduz. Além da qualidade, outros fatores também afetam o consumo de água pelos animais, como:

  • Temperatura
  • Umidade
  • Limpeza dos bebedouros
  • Disponibilidade de bebedouros
  • Nível de umidade da dieta

A ingestão de água também varia de acordo com a idade, tamanho e nível de produtividade dos animais. Desta forma, é preciso dimensionar corretamente os pontos de fornecimento de água, considerando o número de animais e a quantidade que deve ficar disponível para que todos consigam ter acesso.

Bovino bebendo água

Consequências da redução no consumo de água

A redução no consumo de água afeta diretamente o consumo de matéria seca, isto é, quanto menos água o animal beber, menor será a ingestão de alimentos. E isso se reflete diretamente na produtividade, ocorrendo queda na produção de leite e redução do ganho de peso.

Mas a baixa ingestão de água não afeta somente a produtividade. Todo o organismo é acometido e tem as suas funções prejudicadas, ocorrendo:

  • Depressão do sistema imunológico
  • Redução no desempenho reprodutivo
  • Aumento de distúrbios metabólicos
  • Falhas na regulação térmica corporal
  • Morte dos animais

O Produtor precisa ter em mente que água não pode faltar, e assim disponibilizar bebedouros nos locais estratégicos que vão possibilitar que os animais consigam ingerir a quantidade de água necessária para a manutenção dos seus processos fisiológicos e produtivos. Além disso, o fluxo de água deve permitir que ela seja renovada pelo menos duas vezes ao dia e a limpeza dos bebedouros deve ser realizada constantemente.

Ficou curioso e quer aprender mais sobre pecuária?
Leia mais em: https://esteiogestao.com.br/blog/

Use um sistema que te permite acessar as informações a qualquer momento e em qualquer lugar.

Você é produtor e quer gerenciar o seu negócio de forma prática e rápida? Conheça as nossas soluções agropecuárias em: https://esteiogestao.com.br/produtos-e-servicos/

Autor:

Eduarda - Autora do conteúdo Controle estratégico de carrapatos

Eduarda Viana

Zootecnista, criadora do perfil @dicasdazootecnista no Instagram.

Nos acompanhe nas redes sociais e fique por dentro de todas as novidades.

Deixe um Comentário