Saiba como a tecnologia pode aumentar a produtividade e a lucratividade na sua fazenda

O uso de ferramentas e inovações cada vez mais tecnológicas já é uma realidade no setor e muitas propriedades já utilizam algum dispositivo que auxiliam no dia a dia da fazenda.

Muito além de um conceito, a pecuária 4.0 traz desenvolvimento e melhorias nos resultados do pecuarista, que tem a sua disposição diversas inovações que transformam a atividade, auxiliando no manejo, na gestão e até na qualidade de vida do produtor.

Diferente da agricultura, que começou a utilizar inovações tecnológicas há mais tempo para modernizar e aumentar a eficiência produtiva e a sustentabilidade na cadeia produtiva, a pecuária 4.0 vem crescendo num ritmo um pouco mais lento.

E algumas tecnologias usadas na agricultura estão tendo aplicações na pecuária também, como a utilização de drones e softwares que monitoram a disponibilidade de pastagem e as condições climáticas, por exemplo.

Vantagens da pecuária 4.0

O uso de sistemas e inovações na pecuária permite o aumento na produtividade de até quatro vezes comparado com quem utiliza técnicas de manejo mais antigas convencionais, melhorando o lucro do pecuarista e contribuindo para o desenvolvimento de toda a pecuária brasileira.  Desta forma, podemos citar como principais vantagens:

  • Aumento da produtividade e rentabilidade nas propriedades;
  • Maior lucratividade;
  • Redução de desperdícios na propriedade;
  • Permite que a cadeia produtiva se torne mais sustentável, tanto ambiental, social e economicamente;
  • Reduz falhas e erros;
  • Otimiza o uso de recursos (tempo, água, fertilizantes, ração, solo);
  • Melhora a gestão e aumenta a segurança na tomada de decisão dentro da fazenda;
  • Permite a rastreabilidade do produto;
  • Garante maior bem-estar aos animais.
Uso de tecnologias na fazenda

Algumas tecnologias adotadas na pecuária 4.0

  • Softwares para controle de manejo: as informações de produtividade, eficiência, análises zootécnicas e financeiras do rebanho e da propriedade ficam reunidas em um só lugar, eliminando papéis e planilhas e fornecendo informações precisas a qualquer momento para o pecuarista. 
  • Telemetria: indica as melhores áreas para pastejo na propriedade, programa o manejo de entrada e saída do pasto, auxiliando o produtor a otimizar a alimentação do rebanho. 
  • Drones: seu uso possui diversas aplicações, como medição de área, monitoramento do rebanho, falhas nas cercas, fuga de animais, dimensionamento de lotes, etc.
  • Sensores IoT: são muito utilizados em colares inteligentes, que analisam o comportamento animal, a ruminação, identificam cio, doenças e qualquer alteração que possa impactar na saúde e produtividade do animal.

Existem inúmeras startups no mercado que trabalham exclusivamente com a Pecuária 4.0, com as mais diversas tecnologias e inovações envolvidas para acelerar o desenvolvimento da pecuária e aumentar o lucro do produtor. Contudo, é importante ressaltar que a pecuária 4.0 é muito mais do que apenas fazer uso dessas tecnologias. É um processo de mudança de mentalidade do pecuarista, que precisa enxergar e conduzir a atividade de forma diferente, buscando sempre produzir com eficiência e sustentabilidade.

Ficou curioso e quer aprender mais sobre pecuária?
Leia mais em: https://esteiogestao.com.br/blog/

Use um sistema que te permite acessar as informações a qualquer momento e em qualquer lugar.

Você é produtor e quer gerenciar o seu negócio de forma prática e rápida? Conheça as nossas soluções agropecuárias em: https://esteiogestao.com.br/produtos-e-servicos/

Autor:

Eduarda - Autora do conteúdo Controle estratégico de carrapatos

Eduarda Viana – @dicasdazootecnista

Nos acompanhe nas redes sociais e fique por dentro de todas as novidades.

Deixe um Comentário