As análises físico-químicas do leite na indústria desempenham um papel fundamental na garantia da qualidade do leite e de seus derivados

O leite, um alimento nobre e nutritivo, é submetido a uma série de análises físico-químicas assim que ingressa na recepção da indústria. Essas análises são fundamentais para garantir a qualidade e a segurança do alimento, permitindo que ele possa ser consumido de forma segura por todas as pessoas. Vamos explorar as principais análises que são feitas no leite na indústria antes dele ser processado.

Teste do alizarol

O teste do alizarol é a primeira análise realizada no leite e é feita ainda na fazenda, antes do leite ser coletado. Esse teste avalia a estabilidade das proteínas do leite e estima a acidez de forma indireta. 

Acidez titulável

A avaliação da acidez do leite é essencial para determinar sua condição e frescor. A acidez titulável é a medida da capacidade tampão do leite, expressa em ácido lático. Este teste é a base para ajustes na produção, garantindo que apenas leite de alta qualidade prossiga na jornada para se tornar um produto final.

Crioscopia

A crioscopia avalia o ponto de congelamento do leite e é crucial para identificar possíveis adulterações, como a adição de água, que impacta diretamente a qualidade e a concentração dos sólidos do leite.

Gordura

Determinar a porcentagem exata de gordura no leite é vital para criar produtos com características específicas, desde o cremoso até o desnatado. Esta análise refinada guia a formulação de produtos, permitindo a personalização de sabores e texturas conforme as demandas do mercado.

Proteínas totais

As proteínas são avaliadas para garantir que a composição nutricional seja consistente e atenda aos padrões regulatórios. Esta análise é crucial para a produção de queijos, iogurtes e outros derivados, onde a concentração precisa de proteínas desempenha um papel crítico na qualidade final do produto.

Contagem de Células Somáticas (CCS)

A saúde do rebanho e a integridade do leite são monitoradas por meio da contagem de células somáticas. Este teste não apenas fornece um indicativo da qualidade do leite, mas também é um reflexo da saúde das vacas. Uma contagem excessiva pode sinalizar condições de mastite, influenciando diretamente a produção de leite e a qualidade dos produtos finais.

 Resíduos de antibióticos

Em um esforço para garantir a segurança alimentar, os testes de resíduos de antibióticos são cruciais. Esta análise identifica a presença indesejada de antibióticos no leite, protegendo a saúde do consumidor e preservando a integridade do produto.

Conclusão

As análises físico-químicas do leite na indústria desempenham um papel fundamental na garantia da qualidade do leite e de seus derivados, tornando seguro o consumo deste alimento tão rico nutricionalmente.

Ficou curioso e quer aprender mais sobre pecuária?
Leia mais em: https://esteiogestao.com.br/blog/

Use um sistema que te permite acessar as informações a qualquer momento e em qualquer lugar.

Você é produtor e quer gerenciar o seu negócio de forma prática e rápida? Conheça as nossas soluções agropecuárias em: https://esteiogestao.com.br/produtos-e-servicos/

Autor:

Eduarda - Autora do conteúdo Controle estratégico de carrapatos

Eduarda Viana – @dicasdazootecnista

Nos acompanhe nas redes sociais e fique por dentro de todas as novidades.

Deixe um Comentário