Você sabe quanto custa produzir 1 litro de leite na sua fazenda?  

Você já deve ter escutado essa pergunta várias vezes, né? Mas você sabe responder? Vem que eu te explico como achar a resposta.

Primeiro, vamos entender a importância de saber responder a essa pergunta.

Em 2022 vimos o leite chegar a R$ 9,00 nas gôndolas do supermercado, o produtor chegou a receber próximo de R$ 4,00 por litro de leite, porém o aumento recorde do valor pago ao produtor não foi suficiente para cobrir a elevação dos custos dos insumos utilizados na produção, o que levou muitos produtores a reduzirem a alimentação das vacas, consequentemente, diminuindo a oferta do produto no mercado. 

Segundo pesquisadores da Embrapa Gado de leite, os custos de produção de leite subiram 62% em dois anos, grande parte devido à alta das cotações da soja e do milho, que são os principais alimentos utilizados na alimentação dos animais. Somado a isto, os custos com fertilizantes e combustíveis,  afetados pela guerra da Rússia-Ucrânia, impactaram na produção de volumoso, e, portanto, produzir silagem e adubar as pastagens ficou bem mais caro.

Dessa forma, a elevação nos custos fez com que muitos produtores, que já estavam em “maus lençóis”, saíssem da atividade, sendo que a maioria destes não sabiam seus custos de produção. 

Além de tudo isso que citei, olha só esta notícia no site do ministério da agricultura:

Mapa do leite

Agora que você sabe o quão importante é conhecer quanto custa produzir o leite na sua fazenda, vou te explicar um pouco sobre os custos envolvidos na atividade.

A estrutura de custo de produção é separada por itens que compõem o Custo Operacional Efetivo (COE), Custo Operacional Total (COT) e o Custo Total (CT). 

Calma, não se assuste, eles não são bichos de sete cabeças, vou te explicar de forma clara cada um deles. 

O Custo Operacional Efetivo se refere a todos os gastos operacionais diretos da produção ao longo de um ano, isto é, os custos efetivamente desembolsados e consumidos, neste intervalo de tempo, com insumos (fertilizantes, defensivos agrícolas, medicamentos, vacinas, concentrados energéticos, proteicos, suplemento mineral, combustível), mão de obra, despesas administrativas e despesas gerais. Em geral, esses custos possuem uma medida de consumo (quilos, litros, doses de medicamentos, vacinas, etc.).

O Custo Operacional Total se refere à soma do COE com a parcela dos custos indiretos representados pela depreciação de máquinas, equipamentos, instalações/benfeitorias, forrageiras perenes e não anuais e a mão de obra familiar, o pró-labore. Sendo os custos indiretos dependentes de cálculos ou estimativas para serem apropriados ao produto.

O Custo Total é a soma do COT com o custo de oportunidade dos bens de capital, correspondente a aplicação de uma taxa de juros de um investimento alternativo sobre o capital médio investido em máquinas, instalações/benfeitorias, forrageiras perenes e não anuais, rebanho e no valor da terra. O custo de oportunidade de capital representa a oportunidade perdida pelo produtor ao deixar de aplicar o capital empatado na produção agropecuária em outros investimentos alternativos.

Os diferentes custos apresentados podem ser usados para calcular as margens do produtor, a lucratividade e a capacidade produtiva do negócio a curto e longo prazo. Mas esses são assuntos para outro momento.

Agora que você já sabe a composição dos custos de produção, para calcular o custo do litro de leite, basta dividir o custo total pelo total produzido no período avaliado.

O Esteio pode te ajudar a calcular todos estes custos com facilidade e praticidade, sem precisar fazer conta.

Em nosso dashboard financeiro você tem acesso, não só aos principais custos da produção de leite na sua fazenda, como a diversos outros indicadores que mostram a realidade financeira do seu negócio. 

Dashboard Esteio

Além do nosso dashboard financeiro, o Esteio possui o Relatório Demonstrativo de Custos, um relatório completo da composição do seu custo de produção, apresentando detalhadamente para onde está sendo direcionado o seu dinheiro.

E, também, o relatório de Indicadores de Negócio, com mais de 60 indicadores, dentre eles, econômicos, produtivos, reprodutivos e de qualidade do leite, fundamentais para tomadas de decisões mais precisas para auxiliar o melhor desempenho na atividade.

Tá esperando o que para conhecer o Esteio? Ou você vai ser mais um dos produtores que vai abandonar a atividade por não conhecer seus custos de produção?

Ficou curioso e quer aprender mais sobre pecuária?
Leia mais em: https://esteiogestao.com.br/blog/

Use um sistema que te permite acessar as informações a qualquer momento e em qualquer lugar.

Você é produtor e quer gerenciar o seu negócio de forma prática e rápida? Conheça as nossas soluções agropecuárias em: https://esteiogestao.com.br/produtos-e-servicos/

Autor:

Sabrina Baltazar – Equipe Esteio

Nos acompanhe nas redes sociais e fique por dentro de todas as novidades.

Deixe um Comentário