Fornecer um bom sal mineral faz toda diferença no desempenho produtivo e na saúde do rebanho

Os minerais são essenciais para os processos fisiológicos necessários para manter a saúde dos bovinos. Os minerais presentes nas pastagens e nos alimentos não são suficientes para suprir as necessidades dos animais, portanto, fornecer um bom sal mineral faz toda diferença no desempenho produtivo e na saúde do rebanho.

O sal mineral é uma mistura de sal branco ou comum (NaCl) com minerais que são essenciais para a manutenção da saúde e da produtividade dos animais. Eles atuam nas mais diversas reações enzimáticas, na composição óssea e dentária, na manutenção da pressão osmótica e regulação da excreção, no equilíbrio ácido-base, na produção de leite e carne, na reprodução, etc.

Ao todo são 18 elementos minerais essenciais aos animais, divididos em dois grupos: os macroelementos, aqueles que são requeridos em maior quantidade diária (como cálcio, fósforo, magnésio, potássio, cloro, enxofre e magnésio) e os microelementos, que são requeridos em quantidades bem menores (que são ferro, zinco manganês, iodo, selênio, cobre, cobalto, molibdênio, silício, flúor e cromo).

Sal mineral

Como escolher um bom sal mineral?

Com a grande quantidade de indústrias produtoras de sal mineral, escolher um bom produto nem sempre é uma tarefa fácil, pois muitos pecuaristas acabam escolhendo pelo menor preço, e geralmente esse não é o melhor caminho. Para escolher um bom produto é preciso observar alguns pontos, como:

1 – A empresa fornecedora do sal mineral possui registro no MAPA?

Para saber se a empresa é registrada basta conferir o número do SIF (Serviço de Inspeção Federal), localizado no rótulo do produto. Se a empresa possui SIF, significa que sua produção e instalações estão dentro dos padrões estipulados pelo MAPA.

2 – A empresa possui equipe de pesquisa e desenvolvimento qualificada?

Ter profissionais capacitados que atuam na formulação e desenvolvimento dos produtos é um grande diferencial, pois é preciso ter conhecimento sobre as fontes de matéria-prima, produção e consumo animal, o que diferencia de outras empresas que não buscam desenvolver produtos de qualidade superior.

3 – A empresa utiliza seus produtos em pesquisas com instituições como universidades, por exemplo?

Isso mostra que a empresa tem confiança na qualidade e na promessa do seu produto, além de buscar inovações testando o produto a campo.

4 – O produtor tem direito a uma prestação de serviço por parte da empresa?

Muitas empresas oferecem um profissional para dar suporte e orientação ao produtor, facilitando a comunicação e o uso correto do sal mineral.

5- Conheça a necessidade do rebanho.

Os animais possuem necessidades diferentes de acordo com a sua categoria, por exemplo, a recria precisa de quantidades diferentes do que um animal já em fase de terminação. Uma vaca em lactação precisa de mais minerais do que uma vaca que está no período seco. Além disso, avaliar a qualidade do volumoso e dos alimentos que compõem a dieta dos animais também é importante e com a ajuda de um profissional o produtor consegue definir o melhor sal mineral a ser utilizado.

Esses foram alguns pontos que podem ajudar na hora de escolher a empresa fornecedora do sal mineral. Lembre-se que produtos de qualidade nem sempre são baratos, mas isso não significa que os mais caros serão sempre os melhores. É preciso sempre avaliar esses fatores em conjunto para que os animais possam ter o melhor desempenho.

Ficou curioso e quer aprender mais sobre pecuária?
Leia mais em: https://esteiogestao.com.br/blog/

Use um sistema que te permite acessar as informações a qualquer momento e em qualquer lugar.

Você é produtor e quer gerenciar o seu negócio de forma prática e rápida? Conheça as nossas soluções agropecuárias em: https://esteiogestao.com.br/produtos-e-servicos/

Autor:

Eduarda - Autora do conteúdo Controle estratégico de carrapatos

Eduarda Viana

Zootecnista, criadora do perfil @dicasdazootecnista no Instagram.

Nos acompanhe nas redes sociais e fique por dentro de todas as novidades.

Deixe um Comentário