Saiba mais sobre o sucedâneo e como pode ser vantajoso o seu uso na alimentação das bezerras.

 A boa nutrição das bezerras é essencial para que elas se desenvolvam de forma saudável, garantindo boa saúde e alta produtividade, pois esta fase tem relação direta com a produção de leite futura destes animais. O uso de sucedâneo visa melhorar a relação de benefício e custo na fase de cria, garantindo a nutrição e saúde das bezerras.

Sucedâneos são substâncias ou produtos que podem substituir outros por apresentarem aproximadamente as mesmas características, e no caso dos sucedâneos lácteos ele substituem o leite fornecido para as bezerras, apresentando composição semelhante em teores de proteína, energia e aminoácidos.

O aleitamento artificial é uma realidade em grande parte das fazendas leiteiras, uma vez que separando a bezerra da vaca é possível ter o controle da quantidade de leite ingerida, maior higiene na ordenha, menor ocorrência de doenças e melhor qualidade do leite, além de permitir separar e quantificar os custos na fase de cria.

Contudo, o uso do leite no aleitamento artificial pode aumentar os custos da fazenda, pois parte do leite que seria vendido e se tornaria receita está sendo destinado às bezerras. Um outro ponto que merece atenção neste tipo de aleitamento é o uso do leite de descarte, proveniente de vacas que estão em tratamento com algum medicamento, como os antibióticos. Além da contaminação com antibióticos, esse leite contém patógenos que podem causar diarreia, doenças respiratórias e mastite nas novilhas, por meio da mamada cruzada, e contribuem também para aumentar a seleção de bactérias resistentes, reduzindo a eficácia dos antimicrobianos.

Aleitamento de bezerra

Por que utilizar o sucedâneo?

O uso do sucedâneo se torna uma opção viável para ser utilizado no aleitamento das bezerras, apresentando algumas vantagens, como:

  • Redução do custo: após fazer os cálculos comparando os preços do leite e do sucedâneo, pode ser viável fazer a substituição, reduzindo os custos da fazenda;
  • Redução do uso do leite de descarte: evita fornecer leite contaminado para as bezerras, reduzindo as chances de transmissão de patógenos e doenças;
  • Facilita o manejo de fornecimento: não depende do horário da ordenha para fazer o aleitamento das bezerras;
  • É fácil de estocar na propriedade.

Apesar das vantagens, alguns pontos devem ser observados antes de se optar pelo sucedâneo.

Um bom sucedâneo deve conter alta inclusão de proteína e carboidrato de origem láctea. Muitos sucedâneos no mercado apresentam grande quantidade de proteína de origem vegetal, que reduz o custo do produto, mas que possui baixo aproveitamento pela bezerra, já que nesta fase ela ainda não apresenta enzimas suficientes para digerir estes alimentos. O sucedâneo deve conter pelo menos 60% de leite em pó e derivados do leite, e a principal fonte de energia deve ser proveniente da lactose, além de ter acima de 10% de gordura de qualidade. Com relação aos teores de fibra, o recomendado é que os níveis máximos estejam entre 0,15 e 0,20%, e de proteína entre 18 e 22%. Alguns possuem aditivos como probióticos e prebióticos, que podem auxiliar no controle de diarreias.

Como é um produto que necessita ser diluído em água, a qualidade da água é fundamental, não adianta fornecer um bom sucedâneo se a água não tiver qualidade. A quantidade correta do produto a ser utilizada (recomendada pelo fabricante) e uma boa homogeneização também são pontos que merecem atenção.

Da mesma forma, a higiene dos utensílios utilizados, sejam baldes com bicos, mamadeiras ou baldes comuns precisa ser bem-feita, evitando a proliferação de microrganismos nocivos à saúde das bezerras.

Seja qual for a opção do produtor, usar leite ou sucedâneo, ele deve analisar os benefícios e os custos, e escolher aquele que lhe trará melhor retorno, sempre pensando na saúde das bezerras, que serão as futuras vacas da propriedade.

Ficou curioso e quer aprender mais sobre pecuária?
Leia mais em: https://esteiogestao.com.br/blog/

Use um sistema que te permite acessar as informações a qualquer momento e em qualquer lugar.

Você é produtor e quer gerenciar o seu negócio de forma prática e rápida? Conheça as nossas soluções agropecuárias em: https://esteiogestao.com.br/produtos-e-servicos/

Autor:

Eduarda - Autora do conteúdo Controle estratégico de carrapatos

Eduarda Viana

Zootecnista, criadora do perfil @dicasdazootecnista no Instagram.

Nos acompanhe nas redes sociais e fique por dentro de todas as novidades.

Deixe um Comentário